BEM-VINDOS!

Setembro 2016 | Nº 6

Editorial

As férias já lá vão. Os dias de calor, as brincadeiras na praia, no campo, em casa, os dias sem horários, sem stress, enfim, o descanso que todos merecemos… tudo isso acabou! Bem, vamos considerar que interrompemos até ao próximo mês de Agosto e, entretanto… mãos à obra, amigos da Creacil!

Amigos da Creacil? Claro! E já somos muitos: clientes, direção, colaboradores, sócios, parceiros - a Câmara Municipal de Loures, a Polícia de Segurança Pública, a Gesloures, o centro de equitação de Pinheiro de Loures, a Onda Grafe, entre outros. E os nossos vizinhos aqui do prédio, o senhor da Junta de Freguesia e a senhora da mercearia... Enfim, um conjunto de entidades, de pessoas que têm estado ao nosso lado e a quem lançamos o repto de continuarem a dar-nos o seu apoio e colaboração inestimáveis.

Com a ajuda de todos, e visando sempre a ocupação e o bem-estar dos nossos clientes, vamos prosseguir com as nossas atividades e projetos, dos quais destacamos o atelier de desporto e relaxamento, o atelier de culinária, as aulas de natação e de equitação, bem como a tapeçaria e outros projetos que, a seu tempo, daremos conta.

E, caros amigos, não esqueçam o nosso projeto “O Tampinhas”, que vai ter continuidade ao longo deste ano e que consiste, não só na recolha de tampinhas, mas também de utensílios tecnológicos como telemóveis e eletrodomésticos para reciclagem. Prestamos um bom serviço ao ambiente e conseguimos verba que servirá para ajudar a concretizar um dos nossos sonhos - adquirir a carrinha tão necessária para o transporte dos nossos clientes.

Contamos convosco! Bem hajam!

Antónia Sérgio

O Olhar das Famílias

Ser mãe de um jovem de 22 anos com Trissomia 21: novos/velhos desafios

Como mãe sempre entendi que a definição de regras e a demarcação de limites é fundamental para a educação de uma criança e, como tal, não podia deixar de o fazer com os meus dois filhos.

Acontece que o mais velho tem Trissomia 21/Síndrome Down (como preferirem chamar) o que tem implicado um esforço constante (mais dele até do que meu) para que haja adequação dos comportamentos e que sejam respeitadas as regras da convivência em sociedade, não indo pelo caminho da desculpa ” porque não entende” (porque entende e muito bem).

O problema é que chega a uma altura em que pensamos que podemos “baixar a guarda” e não ser tão exigentes, tão vigilantes e aí …. Colocam-se velhos/novos desafios.

O meu filho sempre praticou desporto, vários dias por semana, modalidades como corfebol, natação e equitação, mantendo por isso uma silhueta muito musculada e sem gordura. Em termos de socialização, esta inserção em desportos “não adaptados”, bem como o facto de ser escoteiro, faziam com que tivesse uma vida social muito saudável.

Contudo, nos últimos dois a três anos, foi-se mostrando desinteressado por algumas destas modalidades, surgiram problemas em algumas áreas, eu facilitei e no presente sinto que tenho de voltar a ser directiva em termos da prática do desporto (por motivos de obesidade, saúde e inserção social) e do cumprimento de rotinas para voltar a ter o meu filho a participar na sociedade e a ter a sua vida organizada como todos nós temos.

Não pensem com isto, que ele está “deprimido” e fechado em casa. Não. Felizmente tem o seu voluntariado que lhe ocupa o dia e está razoavelmente integrado, mas eu quero que ele continue a ser feliz, a ter novas interacções, a conhecer mais pessoas, quiçá arranjar uma namorada e para tal, ele tem de vivenciar vários contextos onde aprenda algo novo, não ficando refugiado no que conhece – o seu voluntariado e a sua família.

Este novo desafio é pelo meu filho e por mim (não posso negar) porque quanto mais autónomo ele conseguir ser, mais eu consigo viver a minha vida e assim conseguiremos ser os dois, pessoas realizadas e felizes.

 Emília Durães

O Tampinhas

Como já tinha sido referido noutra edição da nossa Newsletter, o projeto O Tampinhas cresceu e atualmente para além de recolhermos as tampas, recolhemos também: papel, cartão e eletrodomésticos. Decidimos mostrar-vos alguns dos eletrodomésticos que têm chegado até nós. Atreva-se a fazer uma limpeza de outono e a tornar a sua casa mais apetecível. Nós ficamos com os inuntensílios. 

O Que Andamos a Fazer!

Atelier de Desporto e Relaxamento

Todas as terças e quintas-feiras, com a preciosa colaboração do voluntário Paulo Muller, decorre o Atelier de Desporto e Relaxamento. Este atelier dinamiza jogos coletivos, atividades lúdicas e momentos de puro relaxamento. Venha experimentar, às 14:30, na Creacil.

As Dicas da PSP Loures

Especialmente dedicada aos irmãos mais novos

No próximo mês temos encontro marcado!